como montar o currículo perfeito
- 0 Com

Como montar o currículo perfeito? [Guia 2022]

Dicas, Planeje sua Carreira!

como montar o currículo perfeito

Se pensarmos que o currículo é nosso cartão de visitas, nossa vitrine profissional, ou nossa forma de divulgação, já facilita a tarefa de como criar um currículo perfeito. Dessa forma, conseguimos nos destacar entre os demais, fazer algo que mostre a que viemos. Mas, como fazer um bom currículo? Quais informações são necessárias de como montar o currículo perfeito?

Vamos conhecer hoje algumas dicas de como fazer um currículo perfeito e deixá-lo pronto para ser analisado. 

Estrutura para o currículo

Dados pessoais básicos

Os dados estão  logo no começo do currículo. Assim,  já devem trazer as informações principais do candidato: seu nome completo, telefone de contato, e-mail, redes sociais profissionais e cidade.

Não há a necessidade de colocar documentos como RG e CPF, nem o endereço completo (a não ser que o empregador peça). Também não precisa colocar fotos de identificação. As redes sociais profissionais trazem mais informações sobre seu trabalho; assim, se você tiver um perfil no LinkedIn, coloque o link. Dependendo da sua área de atuação, o portfólio online (como o Behance) também é uma boa opção. 

Área de atuação

A área de atuação é como se fosse um título para seu currículo. Ajuda muito o recrutador a saber em qual área você trabalha. Uma frase simples é o ideal, e ela dirá muito sobre o que você faz e sua área de atuação. Assim, coloque-a logo abaixo dos dados pessoais. Exemplos da área de atuação são “Marketing de Conteúdo”, “Contabilidade”, “Enfermagem Hospitalar”, “Direito Civil e Trabalhista”. Se houver mais de uma área de atuação, também deve ser citada.

Formação acadêmica

Esta é uma das partes mais importantes do currículo. Aqui entram os cursos de graduação e pós-graduação que você está fazendo ou já concluiu. Coloque do mais recente para o mais antigo. Primeiro, escreva a titulação. São exemplos: “Bacharel em Publicidade”, “Especialista em Marketing” ou “Mestre em Administração Pública”. 

Veja também: Conheça os cursos de pós-graduação mais procurados em 2021!

Depois, cite a área de estudo, o nome da instituição e o ano de conclusão. Caso ainda esteja estudando, escreva o ano de início e depois “cursando”. Caso o recrutador peça, você pode escrever um pouco sobre cada um dos cursos que fez.

Qualificações profissionais

Aqui entra um resumo do que você faz. Ainda não é a parte da experiência profissional (que vem em seguida), mas o recrutador já terá uma boa ideia do que você sabe fazer. Vamos usar os exemplos do tópico anterior. Se você trabalha com Marketing de Conteúdo, pode falar que você escreve conteúdo para redes sociais, blogs e faz planejamento de postagens. 

Se for de Contabilidade, descreva o que já fez, como auditoria contábil, elaboração de balanços patrimoniais, gerência do departamento financeiro. Se for com Enfermagem Hospitalar, você indica que tem experiência em gerenciar alas de hospital ou que faz atendimento pessoal aos pacientes. Este resumo vai orientar o recrutador para a leitura do tópico seguinte, que falará sobre as experiências profissionais.

Experiência profissional

Nesta parte do currículo você monta a sua trajetória profissional. Coloque primeiro a experiência mais recente e depois a mais antiga. Caso você já tenha trabalhado em muitos locais, escolha os que mais fazem sentido para a empresa onde quer trabalhar. É importante colocar o nome da empresa, o período que trabalhou (ou ainda trabalha), o que a empresa faz, seu cargo e o que você faz. Por exemplo:

Enfermeira – Hospital Santa Mercedes (2019 – até o momento)

Instituição de saúde que atende pacientes do SUS e de convênios particulares, com atendimento emergencial e ambulatorial.

Atividades: gerenciar a ala da maternidade, acompanhar o trabalho dos técnicos de enfermagem, da medicação prescrita pelo médico, realizar atendimento aos pacientes e familiares.

Caso ainda não tenha nenhuma experiência profissional, é possível utilizar outras informações, como experiências vividas na escola ou na faculdade, para montar o currículo para o primeiro emprego.

Cursos livres

Nesta parte do currículo, você pode colocar aqueles cursos com formação mais específica ou outras habilidades. Entram aqui os cursos de idiomas, cursos de extensão, e até eventos e congressos que você tenha participado. Coloque o nome do curso, quando e onde você os fez. Vale citar aqueles que tenham a ver com a área para a qual você está se candidatando. Isso mostra que você é um profissional atualizado e procura sempre estar antenado com a profissão.

Dicas para o currículo

Sem fotos ou desenhos

O currículo é um documento que precisa ser simples e direto. O tamanho A4 é o melhor formato. Use um tipo de letra para todo o currículo e destaque os títulos em negrito. Quando for escolher a letra, use fontes simples de ler – as que lembram letra cursiva (de mão) podem oferecer uma dificuldade de leitura. Mas, se você trabalha com comunicação visual, alguns recursos gráficos podem ser interessantes para destacar seu currículo. Mas sem exageros.

Veja também: Como criar um portfólio de Design Gráfico?

Caso seja Designer ou Arquiteto vale disponibilizar um portfólio online ou físico para que o recrutador veja os trabalhos que realizou e projetos que participou.

Português impecável

Sempre verifique se há erros de português, ortografia, gramática e demais problemas de linguagem, ajuda como montar o currículo perfeito. Se possível, peça para outra pessoa revisar o texto. Afinal, de nada adianta uma experiência profissional e uma formação acadêmica invejável se o recrutador encontrar erros de português. 

O simples funciona

Um currículo que aborda as principais informações do candidato, com uma aparência simples e direta, conta muitos pontos. Procure usar palavras simples para descrever suas experiências. A não ser, claro, que sua área de atuação seja bastante específica e precise de palavras técnicas para descrição. O importante é que o recrutador entenda que você é uma pessoa capacitada para atuar naquela vaga. 

O tamanho ideal de um currículo é de, no máximo, duas páginas. Por isso, é importante utilizar as experiências profissionais mais relevantes para que o documento não fique extenso. Se for imprimir o currículo, sempre use um papel A4 de qualidade, até se for um pouco mais grosso do que o sulfite comum. Coloque-o em um envelope e envie para a empresa. Caso seja por e-mail, verifique se eles aceitam o formato Word ou PDF. E acompanhe: pergunte se o recrutador recebeu, se há um prazo para resposta, ou quando você poderá entrar em contato novamente. Isso demonstra interesse na vaga!

modelo de currículo pronto grátis

COMENTÁRIOS