para trabalhar com TI precisa de faculdade
- 0 Com

Para trabalhar com TI precisa de faculdade?

Planeje sua Carreira!

para trabalhar com TI precisa de faculdade

Quem trabalha com TI precisa estar atualizado o tempo todo, com novas linguagens de programação, atualização de softwares e novas aplicações. Geralmente, quem gosta de TI já começa na adolescência a lidar com computadores e programas. Muitos cursos livres de programação estão disponíveis na internet, e eles dão uma boa ideia de como trabalhar na área.

Por outro lado, empresas de TI, indústrias e diversos setores da economia procuram profissionais com alguma formação superior para integrar seus quadros. Assim, pense que para trabalhar com TI precisa de faculdade pois complementa os estudos e deixar seu currículo com mais peso.

Cursos livres x cursos superiores

Fazer cursos livres de linguagens de programação ajuda a começar a trabalhar com TI. Esses têm uma duração rápida e o aluno já sai programando. Mas ele sentirá lacunas na sua formação. Os cursos superiores trazem conhecimentos que vão além da parte técnica. Lembrando que, há áreas de TI que não precisa saber programar para poder trabalhar.

As formações superiores trazem conteúdos muito úteis na vida empresarial. Matérias como gestão, auditoria, segurança da informação e banco de dados contam pontos para quem está procurando emprego. Esses conhecimentos serão úteis na rotina de trabalho no futuro.

Veja também: 8 passos para iniciar sua carreira em TI.

Outro detalhe é que os empregadores procuram com muito mais frequência profissionais em formação ou já formados em alguma área superior da TI. Ou seja, por mais que você tenha conhecimento em linguagens de programação, sem um diploma, suas chances de contratação ficam limitadas.

Qual curso de tecnologia é o melhor?

Como a tecnologia está em todos os lugares e cada vez mais presente em nossas vidas, a necessidade de especialistas em TI aumenta diariamente. Esse já é um bom motivo para iniciar um curso superior na área.

Mas, se para trabalhar com TI precisa de faculdade, qual devo fazer? Na área de TI, os cursos superiores tecnológicos são a porta de entrada mais rápida e prática para quem quer começar. Em especial, os cursos a distância facilitam e antecipam o acesso ao mercado de trabalho em tecnologia da informaçãosem contar as mensalidades que bem mais em conta.

cursos de tecnologia EAD da Ampli

Esses cursos estão sempre em sintonia com o que o mercado de trabalho pede. Por isso, é uma boa oportunidade para entrar na área. Depois de formado, o profissional pode fazer uma pós-graduação para se especializar ainda mais. No final das contas, veja qual é a sua necessidade e afinidade. Vamos citar aqui algumas opções para quem quer começar em TI e já ter um diploma de curso superior!

Análise e Desenvolvimento de Sistemas

O curso traz uma visão geral sobre os sistemas de informação. Assim, para quem está pensando em trabalhar na área e criar e desenvolver programas e softwares, o curso de Análise e Desenvolvimento de Sistemas é uma boa opção. 

O aluno aprende Modelagem de Sistemas, Engenharia de Software, Segurança de Sistemas, Algoritmos e Programação Estruturada. Também, disciplinas de Banco de Dados, Algoritmos e Lógica Computacional.

Redes de Computadores

Para manter as máquinas e dispositivos da empresa em perfeito funcionamento, é necessário que elas estejam conectadas entre si. Essa rede deve ser estruturada de forma que a conexão e a comunicação sejam sem falhas. É o papel do profissional de Redes de Computadores manter esse trabalho em sintonia e em segurança.

As matérias do curso são Telecomunicações, Segurança de Redes de Informação, Redes sem Fio, Computação em Nuvem e Gerenciamento de Redes.

curso de redes de computadores ead da ampli

Jogos Digitais

Para desenvolver e testar protótipos de jogos digitais de diversos gêneros, em diferentes dispositivos e plataformas computacionais, as empresas pedem uma formação de nível superior. E o curso de Jogos Digitais traz uma base acadêmica e profissional bastante aprofundada. O mercado de trabalho em jogos digitais segue em expansão, porém carente de especialistas com diploma de ensino superior.

As disciplinas abordadas no curso são Análise Orientada a Objetos, Desenho Orientado a Computador, Design de Jogos, Design Narrativo, Storyboard e Animação de Jogos.

Sistemas para Internet

Profissionais de Sistemas para Internet criam, desenvolvem e testam páginas da internet para que estas forneçam a melhor experiência possível, uma vez que há exigência do consumidor por produtos e serviços digitais cada vez melhores e mais fáceis de utilizar. É importante pensar em todas as suas funcionalidades, tanto para o usuário quanto para quem for alimentar essa página. Aqui falamos tanto de portais quanto sites de e-commerce, que precisam estar 100% para que clientes e usuários se sintam satisfeitos. 

A grade curricular do curso conta com disciplinas de Direito Cibernético, Interface e Usabilidade, Programação Web, Front-end e Back-end e Segurança para Projetos Web.

Cibersegurança

Com toda a comunicação feita via internet, os profissionais de TI precisam se preocupar com um detalhe importante: a segurança da informação e dos dados. Esses dados devem ser muito bem guardados, para que não sejam interceptados ou acessados indevidamente. Os profissionais de Cibersegurança são os responsáveis por guardar os dados de empresas e governos.

O curso tem matérias que falam de Criptografia, Segurança Defensiva, Ofensiva, Perícia Forense e Segurança em Software.

Desenvolvimento Mobile

O curso de Desenvolvimento Mobile é para quem gosta de lidar com dispositivos móveis. Tablets e smartphones estão presentes na nossa vida em praticamente todos os momentos. Aplicativos de trabalho, lazer, jogos, entretenimento e estudos fazem a diferença hoje e nos deixam ainda mais conectados. São os desenvolvedores mobile que criam novas aplicações e fazem a manutenção das existentes.

O curso tem disciplinas que falam do desenvolvimento de aplicações e sistemas operacionais mais utilizados hoje, o Android e o iOS, além de Análise Orientada a Objetos e Interface e Usabilidade.

COMENTÁRIOS