diploma de tecnologo vale como superior
- 0 Com

O diploma de tecnólogo vale como superior?

Guia de Estudos

diploma de tecnólogo vale como superior

Nos últimos anos, temos visto um aumento no número de cursos superiores de tecnologia (CST), e a confusão com o curso técnico é praticamente automática. Talvez seja por isso que essa pergunta, se o diploma de tecnólogo vale como superior, exista.

Primeiro, o curso técnico e o tecnólogo são duas formações diferentes. O técnico é de nível médio, e o tecnólogo, nível superior. E o peso do tecnólogo é igual aos cursos de bacharelado e licenciatura. Abaixo explicaremos com mais detalhes.

Tipos de cursos superiores

Tecnólogo

O curso tecnólogo é o mais recente entre os três tipos de curso superior, e é também o que tem menor duração. O tempo médio de um curso tecnólogo é de 1 ano e meio, até 3 anos. Esse é um dos motivos que faz muitos estudantes preferirem essa modalidade, pois é possível se formar mais rápido.

Veja também: Conheça os cursos superiores mais rápidos que existem.

Outro ponto importante dessa formação é o enfoque do curso, que é mais específico e voltado para disciplinas práticas. Assim, você aprende técnicas e tecnologias para facilitar o dia a dia no mercado de trabalho.

CTA cursos tecnólogos ead da ampli

Licenciatura

A licenciatura é específica para quem almeja lecionar em escolas da rede pública e privada. Os cursos de Ciências Biológicas, Letras, Matemática, Geografia e História, por exemplo, são de licenciatura. Outros cursos como Química e Física, existem tanto no tipo licenciatura, como bacharelado. O tempo de formação varia entre 2 anos e meio e 4 anos.

Dessa forma, disciplinas de Didática e Práticas Pedagógicas são obrigatórias. Afinal, é a Didática que ensinará o(a) professor(a) a dar aulas. Assim, será possível entrar em contato com metodologias de ensino, bem como entender a realidade do estudante e da instituição de ensino para promover uma educação mais eficiente.

Estudos sobre a educação pública também entram na lista, bem como os estágios obrigatórios. Esses permitem ao aluno ter contato com o dia a dia da educação. O aluno poderá assistir aulas, auxiliar o professor titular, orientar os alunos e participar da preparação de aulas. É uma vivência muito rica. Mas, o profissional não fica limitado ao ensino. Ele poderá trabalhar em editoras de livros didáticos, na revisão e elaboração de novas obras.

CTA licenciatura EAD da Ampli

Bacharelado

O bacharelado é um curso que aborda uma área do conhecimento de forma mais ampla, e prepara o profissional para o mercado de trabalho. Assim, temos os cursos de Engenharia, Medicina, Direito, Jornalismo, Psicologia e Odontologia, para ficar em alguns exemplos.

Os cursos bacharelados são os que têm duração mais longa, variando de 3 até 6 anos. Por conta do estudo de um campo do conhecimento mais abrangente, o estudante terá contato com disciplinas de áreas distintas, em alguns casos. Assim, quem faz Jornalismo, por exemplo, estuda alguns tópicos de Português, Estatística, Direito, Marketing, entre outras.

Há alguns cursos que existem também como licenciatura, como vimos há pouco. A diferença é que os bacharéis não podem lecionar, mas podem trabalhar em outras áreas do conhecimento e da pesquisa.

cursos de bacharelado ead da ampli

Onde o diploma de tecnólogo vale como superior?

Via de regra, o diploma de tecnólogo vale como superior tanto quanto um de bacharelado ou licenciatura. O que pode mudar é o tipo de trabalho e as exigências da vaga. Assim, uma empresa pode exigir que o profissional tenha o título de bacharel. Há carreiras com demandas bem específicas. 

Só podem ser advogados aqueles que se formaram em Direito e foram aprovados na prova da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). Só podem ser contadores aqueles que se formam em Ciências Contábeis. Os médicos são formados em Medicina. Da mesma forma, só podem ser professores do ensino básico ou médio quem passa por uma licenciatura. 

Outro detalhe que demanda atenção é a relação com os concursos públicos. Há os que aceitam pessoas com qualquer formação superior (bacharelado, tecnólogo ou licenciatura), mas existem aqueles que exigem formação específica. Vale olhar o edital do concurso com cuidado para se inscrever para a vaga com a formação correta.

Veja também: 5 dicas para montar uma rotina de estudos para concurso.

Mas, a carreira como tecnólogo vem ganhando cada vez mais espaço. As empresas perceberam que podem ter profissionais especializados em áreas bastante focadas. Como o curso é muito prático, o aluno sai da faculdade com um conhecimento atualizado e voltado para aquele campo de trabalho. Para a economia isso é ótimo, pois traz um conteúdo em dia com as novidades tecnológicas. Para o graduado, é uma forma de ingressar no mercado de trabalho de maneira mais rápida. 

Nada impede que, depois, o tecnólogo faça outra faculdade ou até mesmo uma pós-graduação. Afinal, conhecimento é sempre importante e agrega muito à nossa experiência de vida!

COMENTÁRIOS