mercado de trabalho em terapias integrativas
- 0 Com

Mercado de trabalho em Terapias Integrativas

Guia de Profissões

mercado de trabalho em terapias integrativas

Quando temos alguma dor, incômodo ou doença, pensamos logo em ir ao médico em busca de cura ou tratamento. O médico, então, verifica o que está acontecendo, solicita exames e prescreve medicamentos específicos. Conheça tudo sobre o mercado de trabalho em terapias integrativas.

Embora seja o procedimento padrão, e que funcione na grande maioria das vezes, há terapias complementares, que ajudam na recuperação do paciente e que podem até prevenir doenças. São as Terapias Alternativas, que abordam outro lado da atenção à saúde.

Muitas dessas terapias estão disponíveis inclusive no SUS (Sistema Único de Saúde), o que já é uma garantia de sucesso. Afinal, para fazer parte do SUS, essas terapias precisam ser validadas e ter reconhecimento científico comprovado, o que é o caso. Vamos conhecer um pouco mais sobre o mercado de trabalho em terapias integrativas, como se formar para atuar na área e o salário médio do profissional.

O que são as Terapias Integrativas?

Também conhecidas como Terapias Integrativas e Complementares, são procedimentos utilizados há séculos por outras culturas e que propiciam o alívio ou tratamento de várias doenças. O uso mais corriqueiro dessas terapias é para o tratamento da hipertensão e diabetes, mas seus usos vão mais além.

O SUS oferece 29 terapias integrativas de forma gratuita. Mas, no Sistema Público de Saúde, é necessário que o paciente passe pelas consultas de orientação primeiro. É o médico que verifica qual terapia é a mais indicada para cada caso. São algumas das terapias disponíveis: Acupuntura, Aromaterapia, Arteterapia, Ayurveda, Biodança, Cromoterapia, Fitoterapia, Florais, Geoterapia, Hipnoterapia, Homeopatia, Medicina Antroposófica, Reiki, Shantala e Yoga.

Formação em Terapias Integrativas

Embora haja vários cursos livres que tratam dessas terapias em separado, eles não oferecem uma formação superior. Mas, hoje já há uma formação superior que abrange as terapias de forma geral e fornece um embasamento profissional ao aluno. A graduação tecnológica em Terapias Integrativas e Complementares, com 1 ano e meio de duração,  habilita o graduando a atuar como terapeuta. Ao final do curso, ele terá um diploma de curso superior e poderá se especializar.

Nesses 3 semestres de curso, o aluno terá disciplinas como Bioética e Biossegurança, Formação Integral em Saúde, Psicologia Aplicada à Saúde, Farmacologia, Cosmetologia, Fitoterapia, Homeopatia, Primeiros Socorros, Terapias Alternativas, Terapias Integrativas Corporais, Orientais, Energéticas e para o Bem-Estar.

Mercado de trabalho em Terapias Integrativas

As pessoas estão procurando cada vez mais no mercado de trabalho Terapias Integrativas para cuidar melhor do corpo e da mente. Especialmente no mundo ocidental, essas terapias têm conhecimentos ancestrais, de outros povos e culturas, e que trazem benefícios para a saúde. 

Caso o terapeuta queira continuar os estudos em nível de mestrado ou doutorado, ele poderá dar aulas em instituições de ensino superior para alunos da graduação e pós-graduação. Nesse caso, ele desenvolve pesquisas em terapias específicas para descobrir novos benefícios e usos na medicina convencional. Veja em quais áreas o terapeuta pode atuar depois de formado:

Clínica própria

Como o terapeuta, uma vez formado, terá um diploma de nível superior, isso o habilita a abrir sua própria clínica e trabalhar por conta própria. Ele pode tanto aplicar várias terapias ou se especializar naquela com a qual tem mais afinidade. Pode até abrir um negócio em conjunto com outros profissionais, que podem se especializar em diferentes áreas.

Hospitais

O terapeuta também pode atuar em hospitais públicos e privados, na área de terapias complementares. Muitas vezes, pacientes ficam internados por longos períodos e, assim, precisam de uma atenção especial para poder se recuperar mais rapidamente.

Spas e hotéis

Os hóspedes procuram descansar e ter tranquilidade quando se hospedam nestes estabelecimentos. Assim, o profissional de Terapias Integrativas pode atuar de forma sazonal (por um período) ou ser funcionário efetivo nestes locais e aplicar nos hóspedes  as terapias especiais e em espaços isolados.

Casas de repouso

Nesses locais, onde idosos moram ou passam o dia, o profissional pode aplicar terapias para proporcionar atividades saudáveis ou aplicar terapias para aliviar e melhorar aspectos da saúde.

Atendimento a domicílio

O profissional pode ser acionado para aplicar determinadas terapias na casa dos clientes. Ele deverá ter seus materiais de trabalho para poder atender pacientes nas mais diversas modalidades.

Qual é o salário de um profissional de Terapias Integrativas?

De acordo com o site salario.com.br, que faz um levantamento dos salários recebidos pelos profissionais em todo o país, o rendimento médio de um terapeuta holístico (como esse profissional também é conhecido) é de R$ 1.570,00

Devemos levar em consideração que esse valor é uma média, baseado nos valores recebidos por profissionais em todo o Brasil, trabalhando com carteira registrada. Não há um levantamento oficial sobre os rendimentos dos terapeutas que trabalham por conta própria, visto que eles podem variar bastante. Veja, abaixo, em quais cidades os profissionais ganham mais:

  • Poá (SP), com R$ 2.292,00;
  • São Paulo (SP), com R$ 1.868,00;
  • Fortaleza (CE), com R$ 1.785,00;
  • Belo Horizonte (MG), com R$ 1.524,00.

Via de regra, as cidades que melhor remuneram os profissionais são as que têm uma ampla infraestrutura hoteleira ou são cidades turísticas. Os valores também variam de acordo com a época do ano, visto que em determinadas localidades há um aumento no número de turistas.

COMENTÁRIOS