Radiologia
- 0 Com

Radiologia: Veja tudo o que você precisa saber sobre essa área!

Guia de Profissões, Radiologia

Tudo sobre Radiologia

Você tem pressa para conquistar o diploma e está em busca de uma formação que está em alta no mercado? Então, precisa conhecer as vantagens de fazer o curso de Radiologia. Essa graduação prepara o futuro profissional para atuar em diversas tarefas relacionadas à produção de diagnósticos médicos.

Essa faculdade, que pode ser encontrada aqui na Ampli, é muito completa e, além do campo da saúde, permite trabalhar em institutos de pesquisa, indústrias, entre outros. Por ser uma profissão técnica, o radiologista precisa acumular treinamentos e especializações ao longo da carreira.

Se quer conhecer tudo sobre a área da Radiologia e as vantagens dessa profissão, não perca o post. Boa leitura!

Como funciona a área de Radiologia?

A área de Radiologia é a especialidade que atua com equipamentos que possibilitam mapear partes internas de corpos animais e humanos, para contribuir no tratamento, acompanhamento e no diagnóstico de doenças e outros casos clínicos. Os exames radiológicos conseguem emitir imagens de ossos, tecidos e regiões específicas do organismo que possibilitam ao médico interpretar o estado de saúde dos pacientes.

Alguns exames comuns utilizados com esse objetivo são o ultrassom, a mamografia, a tomografia e a ressonância magnética. Mas como é possível ser um profissional dessa área?

Primeiramente, é importante lembrar que os exames de imagem são feitos por meio da radiação, então, a jornada de trabalho do profissional em Radiologia é reduzida, com a intenção de evitar um grande período de exposição a essas máquinas. Mas não se assuste: existe uma série de regulamentações que orientam a execução dos profissionais para evitar a diminuição na qualidade de saúde durante a profissão.

O segundo ponto que você precisa saber que há radiologistas médicos, tecnólogos e técnicos. Cada formação apresenta suas permissões e especificidades para emitir laudos e interpretar exames.

Tecnólogo em Radiologia

O tecnólogo em Radiologia é responsável pela execução dos exames. Ele tem respaldo para optar pelo melhor parâmetro técnico para executar e posicionar os pacientes de modo correto. Logo, garante que a captura de imagens realmente mostre o que o médico quer ver.

Técnico em Radiologia

Os técnicos em Radiologia contam com uma formação mais específica, rápida e simples. Portanto, sua atuação é limitada e costuma se restringir ao raio X — diferentemente do tecnólogo, que pode ser solicitado em outros campos e usa aparelhos para capturar imagens.

Médico radiologista

Os médicos radiologistas são responsáveis pela interpretação de exames feitos pelo tecnólogo, redigem relatórios com o laudo e, por ser um documento, faz a sua assinatura. Muitos radiologistas realizam a emissão do relatório para outros médicos e, em outras situações, é ele mesmo quem revela o diagnóstico.

Como está o mercado de Radiologia?

Um ponto muito interessante do curso de Radiologia é que o diploma de tecnólogo proporciona muitas oportunidades na carreira. Isso porque essa graduação oferece as habilidades e os conhecimentos para os profissionais dominarem as técnicas radioisotópicas, radioterápicas, radiológicas, de medicina nuclear, além das pesquisas clínicas e as aplicações industriais.

Você vai entender tudo sobre os mais modernos exames de diagnóstico por imagem, como mamografia, ressonância magnética e tomografia. Também se torna apto para atuar com medicina nuclear, como para aplicação de radioterapia.

Dessa maneira, o mercado de trabalho de Radiologia está muito aquecido e você sairá pronto da graduação para atender pacientes em hospitais e clínicas, setores com uma grande demanda. Isso porque um grande avanço do campo da saúde é justamente o diagnóstico cada vez mais preciso com os exames de imagem, que possibilita a identificação de doenças, até mesmo em seus estágios iniciais.

Para atuar no setor público, os profissionais devem fazer um concurso em Radiologia. Nesse caso, os profissionais estarão aptos para trabalhar em laboratórios, postos de saúde e centros especializados de diagnóstico de imagem.

Um fator que tem atraído profissionais para a Radiologia é o aumento do número de oportunidades da área. A procura por tecnólogos e técnicos nunca foi tão grande. De acordo com a Catho, no primeiro semestre de 2020, a procura por profissionais desse ramo passou por um crescimento de 732% no mercado de trabalho, quando se compara com o mesmo período de 2019.

A tendência é que a procura pelo profissional continue alta. Os investimentos privados e públicos em tecnologia para a saúde tendem a ser cada vez maiores nos próximos anos, o que demanda radiologistas especializados na área.

O salário dessa especialidade também é algo que chama a atenção. A remuneração média é de R$ 4.992,28* para uma jornada de trabalho de 27 horas semanais.

Quais são as tendências para Radiologia?

A área da Radiologia está em evolução constante. Com o passar do tempo, surgem métodos e equipamentos capazes de tornar os diagnósticos mais precisos, o que permite que o paciente tenha acesso a um tratamento de qualidade. A seguir, você vai conhecer as principais tendências para o setor. Confira!

Tomógrafo com tecnologia avançada

A tomografia, por ser de grande ajuda na definição diagnóstica, é cada vez mais solicitada. No passado, as máquinas apresentavam um alto índice de radiação e geravam imagens com qualidade inferior.

Os aparelhos mais modernos são capazes de capturar imagens em alta resolução, volumétricas e tridimensionais com um índice menor de radiação. Além da qualidade, os tomógrafos adquiriram uma boa sensibilidade de captação de imagens em menos de um segundo, podendo captar o batimento cardíaco em apenas uma pulsação.

Integração tecnológica

Combinar diferentes tipos de tecnologia que aumentam a eficácia de tratamentos é um desejo da área da saúde. Desse modo, a indústria radiológica oferece equipamentos que conseguem integrar vários caminhos e métodos na busca de um diagnóstico mais preciso.

A ressonância magnética e a tomografia por emissão de pósitrons são exames com distintas tecnologias, mas que juntas aumentam a eficácia do tratamento. A ressonância magnética captura imagens anatômicas do órgão, enquanto a tomografia por emissão de pósitrons consegue visualizar o sistema fisiológico, quantificando e avaliando a atividade metabólica do corpo.

A união das tecnologias proporcionou muitas vantagens, principalmente para a oncologia, o que permite a rápida detecção de metástase e tumores.

Armazenamento em nuvem

O armazenamento dos dados em nuvem tem como objetivo tornar mais simples e seguro não apenas para a área da Radiologia, mas também para outros setores da medicina. A digitalização dos laudos é capaz de promover uma organização melhor das informações, gera economia de espaço e garante a proteção dos dados.

Com o acesso de qualquer lugar às imagens, o radiologista pode emitir laudos mesmo quando não estiver presente no hospital ou na clínica, tornando a liberação dos resultados mais eficiente. Além disso, ter a internet para arquivamento possibilita que o compartilhamento dos resultados dos exames de forma ainda mais ágil, além de fazer uma análise conjunta das imagens.

A internet também é responsável por outras inovações na Radiologia, relacionadas ao uso integrado de aplicativos e softwares desenvolvidos para a otimização da qualidade do atendimento oferecido ao paciente.

Quais são as principais atuações do profissional de Radiologia?

O radiologista pode optar por atuar em uma das várias áreas em alta. Veja, abaixo, as principais especialidades do setor!

Radiologia Forense

Nessa área da Radiologia, os profissionais trabalham diretamente com a realização de exames radiológicos com o objetivo de encontrar a causa da morte da pessoa. Essa técnica é fundamental para as investigações, pois é possível descobrir provas como o grau de trauma provocado no corpo de um morto sem danificá-lo. Também é possível identificar os cadáveres por meio da arcada dentária.

Tomografia Computadorizada

Essa é uma área da Radiologia que tem o objetivo de realizar exames menos invasivos. O seu funcionamento tem como base a junção das máquiinas de raio-x, com um computador que produz imagens de algum órgão interno do paciente.

O exame ocorre no tomógrafo. Na parte central da máquina, existe um túnel pelo qual há uma mesa de exame que consegue deslizar para fora e para dentro. O tubo de raio-x se move em volta dos pacientes, emitindo feixes de radiação.

Raio-x

O raio-x, ou radiografia, é um exame por imagem muito solicitado, pois é possível realizar diagnósticos precisos. Ele ocorre por meio de feixes de radiação que passam pelo corpo dos pacientes e gera imagens.

Existem muitos tipos de raio-x, que devem ser usados de acordo a área corporal que é avaliada durante o exame. Cada um apresenta protocolos que abrangem a posição da pessoa e o nível de radiação emitido pela máquina. Os radiologistas devem fazer os exames seguindo todos os protocolos.

Assim como ocorre em outros exames radiológicos, os tecnólogos formados em Radiologia podem se especializar para se aprofundarem no raio-x e se tornarem um especialista no exame.

Mamografia

Quem se forma no curso de Radiologia também pode trabalhar com a realização de exames de mamografia, que consegue rastrear o câncer de mama precoce. Esse exame pode ser acompanhado por técnicos, mas a interpretação e a análise ficam entre as responsabilidades apenas de um radiologista.

Nesse caso, a sua principal função é investigar algumas alterações no tecido mamário que evoluem para doenças graves.

Radiologia Industrial

As técnicas da Radiologia Industrial podem garantir a segurança de pacientes e de estruturas industriais. Os radiologistas dessa área atuam na eliminação de microrganismos e bactérias em produtos hospitalares e farmacêuticos, entre outras produções das empresas.

Desse modo, os profissionais permitem que os produtos cheguem ao consumidor com os níveis planejados de elementos químicos, evitando vários danos à saúde.

Ressonância magnética

Esse tipo de exame é caracterizado por não utilizar a radiação ionizante para produzir imagens. Ele é feito em um magneto, uma espécie de tubo em que a pessoa entra e permanece deitada em uma maca. A máquina consegue avaliar o corpo a partir de campos magnéticos.

Os profissionais que desejam seguir nessa especialidade precisam posicionar os pacientes de maneira correta no magneto e introduzir uma bobina ao redor da região do corpo que será examinada. No entanto, antes do procedimento, o radiologista deve ficar atento e tomar cuidado para que o exame seja concluído de acordo com os procedimentos de segurança.

Como ingressar no mercado de Radiologia?

Uma das tendências da Radiologia é o seu crescimento e a necessidade constante de profissionais qualificados e prontos para atuar em um mercado cada vez mais competitivo. Para ingressar nessa carreira, é importante seguir alguns pontos, como:

  • candidate-se às oportunidades de emprego de acordo com seu perfil — existem diferentes tipos de plataformas que proporcionam boas oportunidades de emprego e estágio, além das redes sociais. Por isso, é necessário analisar cada alternativa e se candidatar às vagas que mais tenham a ver com o seu perfil;
  • invista em uma especialização — para atuar em uma área específica, é muito importante se especializar para ser o melhor profissional e se destacar no ramo;
  • busque por qualificações práticas — outro ponto fundamental é ter bastante experiência para aprender como é a rotina dos profissionais e conseguir ótimas oportunidades de emprego;
  • estude em uma instituição de ensino conceituada — estudar em uma faculdade de qualidade e reconhecida é algo essencial para obter uma boa formação. Por isso, escolha aquela que já tenha tradição no mercado.

Como a Ampli ajuda você a conquistar o sonho da faculdade?

Se você se interessou pela área e quer cursar Radiologia em uma faculdade de qualidade, conceituada e que ofereça um ótimo ensino, precisa estudar na Ampli! A nossa faculdade oferece cursos de graduação e pós-graduação 100% a distância.

Assim, você tem liberdade para estudar onde e quando quiser, podendo conciliar a rotina de estudos com as outras atividades diárias. A faculdade de Radiologia faz parte dos cursos superiores mais rápidos oferecidos por nossa instituição, já que, por ser um tecnólogo, o aluno conquista o diploma em apenas 2 anos e 4 meses.

Outra grande vantagem da Ampli é que as mensalidades cabem no seu bolso e são bem acessíveis. Todos os nossos cursos apresentam um valor fixo de R$ 149,99* por mês, e esse preço é reajustado apenas uma vez por ano, de acordo com a inflação.

Estude Radiologia na Ampli!

Agora que você já sabe como funciona a área da Radiologia, não deixe de estudar em uma instituição de excelência e que tenha um corpo docente experiente. Aqui na Ampli, você pode conquistar o diploma em menos tempo e com a mesma qualidade do ensino!

Gostou do conteúdo e quer fazer o curso de Radiologia em uma das melhores faculdades a distância? Então, inscreva-se no vestibular online da Ampli!

*Sujeito a alterações

COMENTÁRIOS