mercado de trabalho em logística
- 0 Com

Mercado de trabalho em Logística

Guia de Profissões

mercado de trabalho em logística

A Logística tem a ver com tudo o que diz respeito a armazenamento, transporte e manuseio dos produtos. É uma das áreas que mais cresce ultimamente, especialmente na pandemia. Com o aumento das vendas online, as empresas especialistas em transporte sentiram necessidade de contratar profissionais habilitados para gerenciar as entregas e o armazenamento de produtos, de forma a localizá-los rapidamente e levar ao cliente o mais rápido possível, tudo isso engloba o mercado de trabalho em logística.

Por isso, se você procura algum curso que o ajude a ingressar logo no mercado e, ainda, em alta tendência, este é o curso tecnólogo em Logística. Vamos conhecer um pouco mais sobre o mercado de trabalho em logística.

O que é Logística?

O termo parece novo, mas a ideia não. Se pensarmos Logística como a ciência de transportar e mover materiais, ela tem milênios. Na Antiguidade, batalhões inteiros se deslocavam por milhares de quilômetros para chegar ao território inimigo. Mas, eles não iam sozinhos: os suprimentos (como armamentos e alimentos) iam juntos. E o traçado da jornada era importante, para se chegar ao destino mais rápido e sem cansar muito os soldados.

Alguns milhares de anos depois, a ideia é mais ou menos a mesma, mas com um pouco mais de sofisticação. No lugar dos armamentos, vêm as matérias-primas ou mercadorias. E há hoje métodos para controlar a entrada de insumos, gerenciar o estoque, fazer o controle da saída das mercadorias e o trajeto feito pela transportadora até o destino.

Isso atualmente é feito em plataformas interligadas, que conversam entre si. Assim, o profissional de Logística sabe quais insumos vão chegar, onde serão armazenados, o que tem no estoque, para onde vão as mercadorias e por qual rota. Tudo feito por sistemas informatizados e conectados em tempo real. Afinal, tem um cliente do outro lado que já sabe quando a mercadoria vai chegar até ele.

Formação em Logística

O curso de Logística é oferecido como uma graduação tecnológica, e possui entre 1 e meio de 2 anos e meio de duração. No final, o aluno recebe o diploma de tecnólogo em Logística, e já pode atuar na área. 

curso de logística da ampli

A grade curricular do curso tem matérias como Gestão de Projetos, Sistemas de Formação Gerencial, Modelos de Gestão, Matemática Financeira, Gerenciamento de Transportes e Abastecimento, Análise de Custos, Processos Logísticos, Logística Internacional, Logística Reversa e Planejamento e Controle de Materiais.

Assim, o aluno já tem uma formação bastante ampla de como poderá trabalhar assim que se formar. O profissional da área poderá atuar no envio de itens para outros países, acompanhar todo o processo que a mercadoria faz, da manufatura até a entrega, ou do controle da entrada e saída de itens do estoque. Para se especializar em áreas mais específicas de atuação, após a graduação, o estudante poderá recorrer a uma pós em logística.

Mercado de trabalho em Logística

O profissional de Logística poderá trabalhar em armazéns que estocam produtos a serem vendidos. São galpões enormes, os centros de distribuição que guardam os itens à venda em marketplaces, ou os sites de e-commerce. Grandes lojas de departamentos também têm seus próprios centros de distribuição. Nesse caso, o especialista programa a entrega dos itens para as lojas varejistas da rede, ou até mesmo diretamente para o consumidor, dependendo do caso.

O profissional poderá atuar no controle de estoque, na chegada de mais mercadorias, ou na saída delas, bem como a quantas anda todo o processo, da entrada do pedido até a chegada dele nas docas onde ele será embarcado. Veremos abaixo algumas áreas específicas do mercado de trabalho em logística.

Cadeia de Suprimentos (Supply Chain)

Na área de cadeia de suprimentos, o profissional de logística será responsável pelo controle da chegada dos insumos à saída do produto final até o destino. O termo em inglês “supply chain” representa os processos e caminhos percorridos pelo produto, desde a captação de matérias-primas, até a entrega do produto para o consumidor final.

Logística Internacional

A logística internacional, que também é um ramo das relações internacionais, vem crescendo muito nos últimos anos. Nesse campo, o profissional é responsável por realizar o envio de mercadorias a outros países, ou pela chegada deles do exterior. Há uma legislação específica que deve ser seguida, como a liberação do item nas aduanas, quais produtos podem ser enviados, e quais os cuidados a serem tomados.

Logística Reversa

Outro ramo é a Logística Reversa, que trata do envio dos produtos já utilizados de volta para as fábricas. Um exemplo, são as garrafas de vidro retornáveis de refrigerantes e bebidas alcoólicas. Uma vez consumidas, elas retornam às fábricas para serem recarregadas. Outro exemplo, são os pneus usados. Em vez de descartá-los no meio ambiente, as fábricas aproveitam esses pneus para produzir novos exemplares. Isso também ajuda a natureza, diminuindo a quantidade de resíduos sólidos descartados no meio ambiente.

Quem se forma em Logística pode ser consultor também. Assim, o consultor atua como um profissional independente, que é contratado por outra empresa para fazer uma avaliação de todo o processo logístico. 

Quanto ganha um profissional em Logística?

De acordo com o site salario.com.br, que faz um levantamento baseado em dados do governo federal, o salário médio de um profissional de Logística é de R$ 1.950,28. Mas devemos levar em consideração que é um valor mediano, calculado com base nos rendimentos recebidos em todo o país e em todos os níveis de experiência. Sendo assim, esse valor pode ser diferente dependendo da cidade onde a empresa se localiza.

As cidades que melhor remuneram os profissionais são: Rio de Janeiro (RJ), com R$ 2.141,00; Guarulhos (SP), com R$ 2.121,00; São Paulo (SP), com R$ 1.876,00; e Cajamar (SP), com R$ 1.715,00.

Dentre as áreas com melhores salários estão a de gerente de suprimentos em serviços de armazenagem, com rendimento médio de R$ 12.132,00; gerente de logística no setor atacadista de alimentos, com R$ 4.310,00; e diretor de operações de serviços de transporte na parte de transporte rodoviário de carga, com R$ 6.056,00.

COMENTÁRIOS