quem tem graduação pode fazer enem
- 0 Com

[Vestibular] Quem tem graduação pode fazer ENEM?

Guia de Estudos

O Exame Nacional do Ensino Médio, o famoso ENEM, é democrático. Basta ter concluído o ensino médio para poder prestar o exame. Inclusive, mesmo quem tem graduação pode fazer ENEM. Assim, quem já tem um curso superior no currículo e deseja fazer a prova, poderá ingressar novamente em outra faculdade.

E fazer o ENEM é uma ótima ideia. O resultado na prova é válido para o ingresso de várias instituições de ensino, públicas e privadas, por meio do SISU (Sistema de Seleção Unificada). O mesmo também vale para ingresso no ProUni (Programa Universidade para Todos) e para o financiamento pelo FIES (Financiamento Estudantil).

É como se você unificasse vários vestibulares em um só. Aumentam as chances de ser aprovado em mais de uma instituição, bem como os cursos que você quer fazer. Vamos conhecer um pouco mais dessa prova, como funciona, quem pode fazer e quando acontece.

O que é o ENEM?

A prova do ENEM surgiu em 1998 e, naquela época, tinha o objetivo de avaliar o conhecimento dos alunos que terminam o ensino médio. Foi um avanço, visto que o governo federal poderia ter informações bem precisas sobre a abrangência e eficácia do ensino no Brasil. Como a prova foi se desenvolvendo ao longo dos anos, e tinha a estrutura de um vestibular, passou também a servir como processo seletivo para as instituições de ensino superior. E isso acontece até hoje. 

Muitas faculdades e universidades adotam o resultado do ENEM para o ingresso dos seus alunos. É o caso do SISU, no qual as instituições reservam um número de vagas para quem ingressa via ENEM. O ProUni usa a nota da prova para a concessão de bolsas parciais ou integrais para os alunos. Contudo, eles precisam comprovar que têm renda familiar de até três salários mínimos por pessoa. 

Veja também: 7 dicas para pagar a faculdade em dia

O FIES é o financiamento que o governo federal dá aos alunos para que eles possam ingressar na faculdade. O governo federal paga uma parte do curso, e o aluno, a restante. A nota do ENEM é um dos quesitos para consegui-lo. A diferença é que, por ser um financiamento, funciona como um empréstimo. O aluno paga, depois de formado, em parcelas negociáveis, a parte que foi paga pelo governo durante o curso.

Como é a prova do ENEM?

A prova é aplicada em dois domingos. No primeiro dia, serão aplicadas as provas para as áreas de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias, Redação e Ciências Humanas e suas Tecnologias. Os participantes terão cinco horas e trinta minutos para realizá-las. No domingo seguinte, são avaliadas as áreas de Ciências da Natureza e suas Tecnologias e de Matemática. As provas terão cinco horas de duração. 

Atualmente, o ENEM possui dois tipos de prova: a impressa e a digital. O conteúdo é o mesmo e elas são aplicadas no mesmo dia. Mas, a prova digital não é para ser feita em casa: o aluno deve se dirigir a um dos polos da avaliação para poder realizar seu exame. A versão digital é para quem está concluindo o ensino médio em 2021 ou já o concluiu. Para quem está “treinando”, só está disponível a prova impressa.

Como se preparar para o ENEM?

É sempre bom começar a preparação o quanto antes. O conteúdo que cai na prova é muito extenso e, assim, deixar para a última hora só trará ansiedade e nervosismo. Não que o ENEM não cause isso, mas, se for possível começar a estudar com antecedência, dá para fazer um bom planejamento.

Por exemplo, veja como está o seu tempo livre. Programe-se para estudar um ou dois conteúdos por dia, dependendo do grau de dificuldade que você tem com o assunto. Vamos imaginar que o problema do aluno seja com a Matemática. Ele pode ver os conteúdos mais complexos e passar mais tempo estudando. 

Para ajudar nesse processo, há vídeos na internet que tratam de assuntos específicos da prova. Assim, se aquela parte da Matemática está complicada, procure explicações de professores. Eles sempre têm uma forma de mostrar que aquilo não é um bicho de sete cabeças. Veja outros materiais didáticos, apostilas, exercícios para praticar, simulados, tudo isso ajuda na hora da preparação.

Quem tem graduação pode fazer ENEM?

A preparação para o ENEM é boa para todo mundo, do aluno que está no ensino médio até os profissionais mais maduros, que estão longe da escola há algum tempo. O ENEM é válido para todos!

Os mais experientes, que estão longe dos estudos, podem até conversar com a turma mais jovem para se inteirar dos assuntos que estão acontecendo. Importante ter uma ideia de como a prova acontece, o tipo de questões, além de conhecer as experiências de vida dos jovens. Parte do que o ENEM pede, que é no campo de Linguagens e Ciências Humanas, abrange muitos assuntos do cotidiano. É aí que a conversa com a turma mais nova fará diferença.

Caso você não tenha muita habilidade em estudar pela internet, procure materiais impressos atualizados, como livros e apostilas, para reforçar seu estudo. Outra vantagem é que eles já trazem a linguagem e o estilo de questões que o ENEM pede. E a comparação é inevitável: o vestibular da época que você fez pode ser diferente do de hoje. Isso é natural, e o importante é acompanhar essas mudanças.

A ansiedade típica antes da prova pode vir e, embora seja natural, não se deixe levar por ela. O bom da maturidade é que aprendemos a lidar com os sentimentos, e encarar o ENEM vai ser mais natural e tranquilo do que antes. Aproveite sua experiência de vida para tirar o ENEM de letra e voltar a estudar!

Ainda não sabe qual curso fazer? Faça nosso teste vocacional e descubra qual curso de graduação é 100% a sua cara!

quiz vocacional - a profissão que mais combina com você

COMENTÁRIOS