Mercado de trabalho em Segurança Pública
- 0 Com

Mercado de trabalho em Segurança Pública

Guia de Profissões

Mercado de trabalho em Segurança Pública

O profissional de Segurança Pública exerce uma função extremamente necessária no país, agindo diretamente para promover a paz coletiva e o bem-estar social. Principalmente em um país com a extensão e pluralidade do Brasil, os conflitos sociais são inevitáveis e logo, a figura desse tipo de profissional é essencial.

Se você se identifica com os valores de proteção e segurança, o mercado de trabalho em segurança pública pode ser uma boa opção de carreira para você. Hoje vamos tratar sobre o que faz um profissional da área, quanto ele ganha e no que consiste exatamente o trabalho em segurança pública.

O que é Segurança Pública?

A segurança pública pode ser representada pela manutenção da ordem pública, em um contexto onde há a plenitude dos direitos e deveres de cada cidadão. A segurança pública é responsabilidade do Estado, que deve garantir que as normas, leis e princípios nas esferas sociais, judiciais e de saúde estão sendo seguidos. É também responsabilidade da sociedade, preservar a ordem estabelecida e seguir a legislação vigente.

Formação em Segurança Pública

A formação em Segurança Pública é voltada para funcionários públicos e servidores públicos. Este curso é oferecido como uma graduação tecnológica e o tempo de duração varia entre 1 ano e meio e 2 anos e meio. O curso capacita o estudante para perceber e administrar conflitos que possam colocar a segurança coletiva em risco, mantendo a ordem pública.

A grade curricular do curso aborda disciplinas como Análise e Gerenciamento de Risco, Fundamentos de Investigação e Criminalística, Gestão de Conflitos, Expansão de Criminalidade, Direitos Humanos e Legislação, tornando o profissional apto para agir com cautela e ética no exercício da função.

Mercado de trabalho em Segurança Pública

O profissional de Segurança Pública poderá atuar em órgãos públicos municipais, estaduais e federais. Dentre esses órgãos estão a polícia rodoviária, militar e civil, guarda municipal, ministérios, corpo de bombeiros e secretarias de segurança

Veja também: Qual faculdade fazer para ser Policial Federal?

Nas áreas acima, o profissional poderá atuar na pesquisa sobre mediação de conflitos e táticas para agir em situações de perigo e violência. Na esfera pública ou privada, o profissional poderá agir na intermediação de problemas relacionados à segurança pública, desenvolvendo planos de ação de segurança e coordenando técnicas para capacitar profissionais que atuam como policiais, agentes penitenciários e guardas. O profissional nesta função age para garantir a segurança de maneira ativa, no papel de segurança, policial ou guarda, por exemplo.

Vale ressaltar que, além da atuação no setor público, o profissional formado em segurança pública poderá atuar de forma autônoma, como consultor de segurança pessoal e escolta, oferecendo serviços para pessoas físicas e jurídicas.

Quanto o profissional de Segurança Pública ganha?

Como o profissional de Segurança Pública já é concursado, o salário recebido varia de cargo para cargo. A média salarial para Policial Militar no Brasil, por exemplo, é de R$ 4.058,00, enquanto o salário médio de Agente Penitenciário é de R$ 3.467,00 e o Guarda Civil Municipal é de R$ 2.435,00, segundo informações do site vagas.com.br. Já o site Educa+Brasil, que reúne informações do SINE – Site Nacional de Empregos, informa que a profissão de Gestor de Segurança possui salario inicial em torno de R$ 1.432,27 e R$ 2.420,54, variando de acordo com o nível de senioridade do profissional e porte da empresa em que atua.

Veja também: 5 dicas para criar uma rotina de estudos para concurso.

Vale ressaltar que em alguns órgãos públicos, o salário do profissional aumenta de acordo com a formação acadêmica. Sendo assim, investir em um curso de graduação ou pós-graduação pode trazer maiores rendimentos.

COMENTÁRIOS