o que o mercado de trabalho exige dos jovens
- 0 Com

[Guia 2022] O que o mercado de trabalho exige dos jovens?

Planeje sua Carreira!

o que o mercado de trabalho exige dos jovens

Para quem está começando agora e não sabe o que o mercado de trabalho exige dos jovens, aqui vão algumas dicas importantes. Mas, vale lembrar: ninguém é perfeito e nem possui todas essas qualidades que os empregadores buscam.

Afinal, as pessoas são feitas de qualidades e defeitos e devemos aprender com elas – com os nossos e com os dos outros. Assim, ao ler a lista abaixo sobre as qualidades que os recrutadores procuram, não se frustre caso você não tenha todas. O que é bom saber é justamente o que podemos fazer para nos aproximar ao máximo das qualidades que não possuímos. Isso já é um belo crescimento profissional.

Veja 7 características que o mercado de trabalho exige dos jovens

Identificação com os valores da empresa

As organizações procuram pessoas que tenham afinidade com os valores que elas pregam, ou seja, que acreditam nas mesmas coisas e possuem as mesmas convicções. Preocupação com o meio ambiente, respeito à diversidade, ética e responsabilidade social podem ser alguns desses valores.

Assim, ao receber o currículo ou a indicação de alguém, o recrutador além de verificar a formação acadêmica e as experiências de trabalho, pode também checar as redes sociais profissionais, como o LinkedIn. É por lá que ele terá mais informações sobre o candidato antes mesmo de chamá-lo para a entrevista. Vale ressaltar que para a identificação dos valores, poderá haver teste de perfil e fit cultural durante o processo seletivo.

Relacionamento interpessoal

Aqui é importante fazer uma observação. Não é só saber conversar com as pessoas e ser amigo de todo mundo. Mais do que isso, para a empresa, é saber trabalhar em equipe. Dessa forma, mais vale aquele funcionário um pouco mais introvertido, mas que consegue trabalhar em grupo, do que o expansivo que quer fazer tudo sozinho. As habilidades interpessoais, inclusive, é uma soft skill muito valorizada no mercado de trabalho.

Veja também: Como fazer networking profissional?

Afinal, em uma empresa, todo mundo deve jogar junto. Em uma empresa, todos os setores estão interconectados, e os colaboradores também dependem uns dos outros para o trabalho fluir. E isso também se refere à convivência com os demais. Ser educado com o presidente da empresa e ser da mesma forma com o segurança do prédio, é sinal de empatia e simpatia. Assim, o clima organizacional fica mais agradável.

Criatividade

Encontrar soluções criativas para os problemas é crucial para o mundo dos negócios. As empresas procuram aquele colaborador capaz de agregar algo diferente. “Mas eu não sou criativo”. Será?

Permita-se pensar fora da caixinha. Diante de um imprevisto, problema ou algo para resolver, procure soluções diferentes. Assim, você poderá trazer diferentes pontos de vista para o problema. É aí que ideias criativas surgem.

Um dos segredos para desenvolver a criatividade é buscar inspiração em fontes distintas. Ler livros, assistir séries, ir a cinemas e conversar com pessoas diferentes de você, oferecerão uma outra ideia de mundo. É o que chamamos de repertório. Assim, ao pensar em algo para resolver, você pode se inspirar em experiências de outras pessoas, histórias de vida e até mesmo em algo mirabolante.

Proatividade

Esta dica ainda é muito importante pois é uma das principais coisas o que o mercado de trabalho exige dos jovens. O funcionário que apresenta ideias novas, que procura soluções para os problemas, que acompanha o noticiário e as novidades da área, são preciosos. Só quem está no dia a dia da função sabe as dificuldades do ofício. O gestor nem sempre consegue ter essa noção tão aprofundada, afinal, ele lida com várias demandas ao mesmo tempo.

Veja também: 10 dicas de como ter proatividade no trabalho.

Assim, procure estar antenado às novidades e mostre ao seu líder direto aquelas que podem ser interessantes. Ou alguma ideia para facilitar o dia a dia de trabalho. Vai ser interessante. Funcionários proativos são, de certa forma, aqueles que ‘vestem a camisa’ e se identificam com os valores da empresa. Em uma entrevista de emprego, por exemplo, também é possível mostrar proatividade. O candidato pode estudar o cargo que quer ocupar, a empresa que o chamou para a entrevista, e falar um pouco dela, o que acha, ou os acontecimentos mais recentes, e como ele resolveria certas demandas. Isso conta ponto!

Humildade

Esta dica também vale para a vida. Nunca sabemos de tudo e, por mais que sejamos especialistas em algo, não podemos nos achar melhores do que ninguém. Todo mundo erra, inclusive os que mais sabem sobre um assunto. Assim, escute as críticas que fazem ao seu trabalho, elas o tornarão um profissional ainda mais competente.

E quando for falar de você, ou alguém elogiar seu desempenho, nada de arrogância. Você é um profissional eficiente porque estudou para isso, mas esse bom resultado não veio sozinho. Pessoas que se superestimam tendem a ficar isoladas nos seus lugares. Quem faz o seu trabalho bem-feito colhe os bons resultados.

Responsabilidade

A responsabilidade é uma competência socioemocional muito importante para o mercado de trabalho. Ao receber uma tarefa, ela deve ser cumprida. Podem acontecer imprevistos, claro, mas nunca deixe de fazer algo para o qual você foi destacado. Essa tarefa é importante para o andamento das demais, e prejudicar o trabalho de outros por não fazer a sua parte é bastante negativo.

Assim, mantenha seu gestor informado do andamento do seu trabalho, tire dúvidas quando necessário e vá entregando pequenas partes do processo. Seu superior verá que você é responsável e que ele pode contar com você.

Adaptação às mudanças

As mudanças virão, de um lugar ou de outro. Se as coisas são boas de um jeito, elas podem ficar ainda melhores com novas formas de se fazer algo. E serão oportunidades ótimas para, inclusive, crescimento na carreira. Temos medo das mudanças, isso é verdade. Mas elas vêm para dar um novo ar. Empresas que buscam a mudança interna e se adaptam a mudanças externas, tendem a ser mais eficientes.

Dessa forma, deixe claro que você é flexível e se adapta a qualquer mudança que possa ocorrer. Para o gestor, isso mostra que ele pode contar com você para ajudar nesse processo de transformações. No fim, faz bem para todos.

COMENTÁRIOS