Faculdade de Economia
- 0 Com

Conheça tudo sobre a Faculdade de Economia!

Graduação, Guia de Estudos

Faculdade de Economia

A faculdade de Economia prepara os futuros profissionais para atuar em várias áreas do mercado de trabalho, desde a consultoria em empresas até a tomada de decisão em multinacionais. Logo, quem segue carreira no ramo precisa gostar de números e ficar antenado com tudo que acontece no mundo.

Os economistas são tradutores das tendências econômicas, que se relacionam com os fatores sociais. Portanto, eles têm a função de prever as mudanças econômicas que afetam diversos setores em escala mundial, um grupo de organizações dentro do país ou diferentes negócios específicos.

E aí, ficou interessado e quer saber como é o curso de Ciências Econômicas e suas características? Então, continue a leitura!

Qual é o objetivo do curso de Economia?

O campo das Ciências Econômicas reúne vários conhecimentos sobre o comportamento da sociedade e o desenvolvimento da economia nesse sentido. Também é uma especialidade que tenta compreender a ligação entre os sistemas econômicos e seus agentes.

As análises vão desde o consumidor até a produção e não estão relacionadas apenas com a Estatística e a Matemática. O uso dos números é aplicado ao entendimento do comportamento dos consumidores e, portanto, não se limita ao cálculo de taxas de juros.

Esse campo também procura compreender os impactos, trazer benefícios para as pessoas e fazer projeções. Logo, é bastante amplo e cheio de profissionais que se envolvem com importantes decisões.

A faculdade de Economia possibilita que os estudantes adquiram todos os conhecimentos necessários para intervir, entender e interpretar a realidade socioeconômica. Para isso, é fundamental dominar as técnicas e a teoria que permitem uma atuação de qualidade em diversas áreas de atuação.

A graduação em Ciências Econômicas é ideal para as pessoas que gostam de estudar, ler sobre o que ocorre na economia mundial, fazer cálculos e manter-se atualizado. Algumas aptidões essenciais para quem deseja seguir nessa carreira são:

  • gostar de desafios;
  • ter criatividade para inovar;
  • analisar o mercado antes de agir;
  • ter capacidade de abstração.

Para atingir todos esses objetivos, é muito importante que a instituição de ensino tenha um corpo docente experiente e com um vasto histórico profissional. Com isso, os alunos conseguem estar mais amparados e entender melhor como funcionam as necessidades e as demandas do mercado.

Quais são as principais matérias da faculdade de Ciências Econômicas?

A matriz curricular atualizada do Bacharelado em Economia favorece a resolução e a análise de problemas, pois tem a tecnologia como suporte para construir os conhecimentos. O objetivo do curso é despertar o interesse dos estudantes para áreas promissoras do mercado de trabalho financeiro, tendo como base as matérias de Finanças e Estatística.

Além disso, a introdução da Inteligência Artificial e do Big Data auxilia na formação do profissional capaz de usar dados financeiros para otimizar a gestão corporativa. No ramo da pesquisa, a iniciação científica precisa ser estimulada desde o começo da graduação, para que a instituição contribua com a sociedade.

Também é fundamental trabalhar algumas habilidades socioemocionais do futuro economista. Isso é fundamental para formar um profissional capaz de pensar de maneira estratégica e resiliente para trabalhar em grandes empresas.

A formação teórica dos estudantes ocorre por meio de conteúdos que abordam a história econômica, a evolução do pensamento econômico e os princípios da economia, além de uma boa base em conceitos quantitativos. Abaixo, você vai conhecer todas as disciplinas estudadas no curso de Economia da Ampli:

  • Empreendedorismo;
  • Matemática Financeira;
  • Probabilidade e Estatística;
  • Homem, Cultura e Sociedade;
  • Contabilidade Introdutória;
  • Raciocínio Lógico Matemático;
  • Marketing Digital;
  • Responsabilidade Social e Ambiental;
  • Relações Econômicas Internacionais;
  • Ética, Política e Sociedade;
  • Evolução do Pensamento Econômico;
  • Princípios da Economia I;
  • História Econômica Geral;
  • Estatística Econômica;
  • Economia Brasileira;
  • Teoria Macroeconômica – Principais Modelos;
  • Econometria;
  • Economia do Setor Público;
  • Economia Marxista;
  • Princípios de Economia II;
  • Teorias do Desenvolvimento Econômico;
  • Mercado de Capitais;
  • Teoria Microeconômica – Consumidor e Firma;
  • Teoria Microeconômica – Mercados;
  • Teoria Macroeconômica – Oferta, Demanda e Crescimento;
  • Técnicas de Pesquisa em Economia;
  • Economia Internacional;
  • Contabilidade Social e Ambiental;
  • Economia do Agronegócio;
  • Trabalho de Conclusão de Curso I;
  • Projetos Empresariais;
  • Legislação Empresarial Aplicada;
  • Economia Industrial;
  • Análise de Investimentos e Fontes de Financiamento;
  • Economia Monetária;
  • Trabalho de Conclusão de Curso II.

Ao final do Bacharelado em Ciências Econômicas, é necessário elaborar um Trabalho de Conclusão de Curso (TCC). Essa atividade deve ser feita em forma de dissertação pelo aluno, desenvolvendo o tema com que mais se identificar.

O trabalho precisa ser realizado sob a orientação de um tutor EAD e um professor supervisor. Nesse caso, eles são responsáveis por avaliar se os argumentos apresentados conseguiram responder às questões propostas. Após a aprovação, você estará preparado para obter o tão sonhado diploma!

Qual é a duração da graduação em Economia?

O curso de Ciências Econômicas é organizado em 6 semestres e tem uma duração média de 2 anos e 11 meses. Apesar de ser do tipo Bacharelado, o tempo de formação é menor, pois aqui na Ampli não há pausas para as férias. Assim, é possível obter o diploma mais rápido — maravilha, não é mesmo?

Dessa forma, você consegue ingressar no mercado de trabalho de Economia mais rápido, podendo concorrer às melhores vagas de emprego. Contudo, lembre-se de que essa duração não é algo fixo e pode mudar. Isso ocorre porque alguns fatores influenciam diretamente no tempo que os alunos levam para concluir a graduação, como atraso de algum conteúdo, reaproveitamento de matérias, se já iniciou o bacharelado em outra instituição, etc.

O uso de créditos de disciplinas já cursadas, por exemplo, acontece quando o graduando decide fazer uma outra faculdade e utiliza os créditos de disciplinas já concluídas para fazer esse Bacharelado em um tempo menor.

De modo geral, cursos de campos correlatados apresentam algumas matérias em comum, principalmente nos primeiros períodos. Assim, com o uso de créditos, é possível obter o diploma em Economia com mais facilidade.

Contudo, o contrário também ocorre. As DPs, ou dependência de disciplinas, fazem com que os graduandos aumentem o tempo de formação. Elas surgem quando o aluno não consegue atingir a nota mínima necessária para ser aprovado no semestre em determinado período.

Com isso, ele fica de DP nesse conteúdo, sendo necessário refazê-lo, aumentando, então, a duração da faculdade de Ciências Econômicas.

Como consultar o preço do curso de Economia?

E aí, já decidiu que quer seguir na área da Economia e ser um destaque na carreira? Então, deve estar curioso para saber como consultar o preço dessa graduação, certo? Assim, fica mais fácil se planejar financeiramente antes de iniciar o curso superior.

Para isso, a consulta deve ser realizada em nosso site. Acesse a página, clique na aba “cursos”, escolha a opção “graduação” e digite no campo de busca o nome Ciências Econômicas.

Depois, clique em “saiba mais” na opção que aparecer. Com isso, você será redirecionado para a página da graduação e poderá visualizar o preço, além de outras informações fundamentais, como perfil do profissional da área, grade curricular do bacharelado, salário médio do economista, mercado de trabalho, etc.

É possível realizar o sonho de ingressar em um curso superior em uma instituição de ensino de muita qualidade e, o melhor de tudo: pagando preços justos e que cabem no seu bolso!

Como se matricular na faculdade de Economia?

Agora, chegou a hora de entender como você pode se matricular no curso de Ciências Econômicas da Ampli e tirar o sonho de ingressar em uma graduação do papel. Confira o passo a passo:

  • a primeira etapa é acessar o site da Ampli, selecionar a aba “cursos” e marcar a opção “graduação”;
  • após isso, é importante selecionar a faculdade de Ciências Econômicas;
  • no lado inferior direito da tela, clique na opção “experimente 1 mês grátis”;
  • adicione o seu nome completo, o número do seu celular e o seu e-mail;
  • depois, clique no botão “inscreva-se de graça”;
  • você será redirecionado para escolher a forma de ingresso que deseja, podendo ser o uso da nota do Enem ou o vestibular online;
  • após isso, o candidato precisa informar seus dados pessoais, como número de CPF, data de nascimento e endereço;
  • por fim, basta concluir a inscrição e você receberá um e-mail solicitando todos os documentos que devem ser enviados.

Em que modalidades o curso de Economia é oferecido?

Aqui na Ampli você poderá cursar a faculdade de Ciências Econômicas na modalidade de ensino a distância. Nesse caso, as videoaulas, os trabalhos e outros conteúdos são disponibilizados no Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA), e o aluno ainda tem a oportunidade de interagir com professores, colegas de classe e tutores EAD.

No curso de Economia online, só é necessário comparecer ao polo de ensino uma vez por mês para fazer testes e provas presenciais. Logo, a frequência é menor, o que agrada muita gente que tem uma rotina mais corrida. Um dos grandes benefícios dessa modalidade é que ela ajuda o aluno EAD a desenvolver habilidades digitais, ou seja, é possível aprender a usar diferentes ferramentas online.

Outras vantagens do EAD são:

  • boa estrutura física;
  • diminuição dos gastos;
  • ótima qualidade do ensino;
  • mensalidades em conta.

Ao contrário do que muita gente pensa, não existem diferenças entre o diploma de um bacharelado EAD e semipresencial para o de um formato tradicional. Ambos são aceitos e reconhecidos pelo Ministério da Educação (MEC).

Como é o mercado de trabalho de Economia?

Uma das diferenças entre o mercado de trabalho para quem cursa Economia em relação às outras profissões é a necessidade por profissionais do ramo em qualquer fase. Os economistas são importantes quando uma organização não sabe o que fazer ou se tem dúvidas se está fazendo tudo certo.

Então, como é a demanda pelo economista? De modo geral, ela tende a ficar alta durante todo o ano.

Uma preocupação que muitas pessoas levantaram há alguns anos, com a Revolução Digital, é em relação a uma possível substituição das previsões econômicas por deduções realizadas por computadores. No entanto, isso só demonstra a importância dos economistas, que ainda são fundamentais na avaliação e na análise desses dados.

Assim, você pode atuar em seguros, corretoras, bancos, distribuidores e no mercado financeiro das empresas. Além disso, é possível optar por uma das áreas da Economia em alta para trabalhar. Veja!

Arbitragem

No ramo da Arbitragem, você indicará soluções técnicas que possibilitam resolver conflitos que envolvam bens patrimoniais disponíveis. Com a arbitragem, os economistas podem solucionar impasses a um custo reduzido e de modo menos burocrático que o sistema judiciário estatal.

Mercado Financeiro

Os economistas também podem atuar no mercado financeiro em setores como corretoras, bancos, seguros e distribuidores. No carreira bancária, por exemplo, você será responsável por acompanhar o cenário econômico e programar e planejar empresas de acordo com o plano econômico.

Já na área financeira, deve criar e acompanhar os fluxos de caixa, realizando orçamento de investimento e despesa, além de analisar e propor projetos.

Economia Agroindustrial

Na Economia Agroindustrial, os profissionais definem preços e custos, analisam as oportunidades de crescimento, entre outros. Pela importância na área do agronegócio, o serviço do economista é muito procurado pelas empresas no Brasil.

Isso porque os especialistas também desenvolvem bolsas de mercadorias, estudos setoriais e avaliam a situação das colheitas para as agroindústrias.

Como a Ampli ajuda você a conquistar o sonho da faculdade?

A Ampli é uma instituição de ensino que oferece cursos de graduação e pós-graduação 100% online, e os alunos têm aulas com professores formados por mestres e doutores experientes no mercado, que são habilitados e disponíveis para fornecer todo o apoio aos estudos do começo ao fim do curso.

Pensa que acabou por aí? Além de todas as vantagens, ainda oferecemos benefícios exclusivos aos nossos graduandos, como:

  • primeiro mês de matrícula grátis;
  • preço das mensalidades em conta e que cabe no seu bolso;
  • possibilidade de se graduar mais rápido.

Agora é com você!

Agora que já sabe as características da faculdade de Economia, se esse for a graduação dos sonhos para você, o próximo passo é investir na sua formação. Por isso, estude na Ampli e tenha acesso a diferenciais exclusivos para a sua aprendizagem!

Gostou do conteúdo e quer fazer a faculdade de Economia aqui na Ampli? Então, inscreva-se em nosso vestibular online!

COMENTÁRIOS