mercado de trabalho em criminologia
- 0 Com

Mercado de trabalho em Criminologia

Guia de Profissões

mercado de trabalho em criminologia

Nos cursos de Direito, a Criminologia é uma disciplina. Contudo, trata-se, também, de um campo de estudo que analisa o crime do ponto de vista de quem o comete e de quem é a vítima. Só assim é possível trabalhar para desvendar o autor de um delito, além de fazer estudos sobre o porquê da sua existência e do perfil do criminoso. Dessa forma, é possível se pensar em políticas para diminuir ou evitar a ocorrência de delitos.

Esta área vai além do estudo simples sobre o que é o crime e porque ele acontece. A área de abrangência da Criminologia hoje vai na análise do perfil do criminoso, a motivação, se há causas biológicas ou psíquicas, bem como os efeitos na vítima.

Assim, além de ajudar a encontrar indícios na cena do crime, o especialista consegue fazer estudos para descobrir em quais áreas ele ocorre e o que pode ser feito para diminuir sua incidência. Veremos abaixo como é o mercado de trabalho em criminologia.

O que é a Criminologia?

A Criminologia usa tanto a realidade quanto outras ciências para fazer o estudo do crime. É por meio da observação do dia a dia, como acompanhar as ocorrências de delitos, que o criminólogo consegue encontrar algumas causas em comum. Ele analisa o local onde ocorreu o crime, a vítima, horário, o perfil do criminoso, por exemplo, para fazer seu levantamento. 

Com isso, ele pode informar as autoridades policiais sobre regiões mais propensas ao crime, para que uma ação mais ostensiva da polícia evite essas ocorrências. Mas, não é só isso que o criminólogo faz.

Com o auxílio de outras ciências como Sociologia, Psicologia, Filosofia e Direito, o criminólogo consegue determinar porque uma região tem alta incidência de ocorrências. Além disso, ele pode fazer o perfil (ou os perfis) dos criminosos e propor ações para agir nesse público para evitar que mais crimes aconteçam.

Formação em Criminologia

Hoje há uma formação específica para Criminologia, um curso na modalidade bacharelado que tem duração entre 2 anos e meio e 4 anos. As disciplinas do curso são Fundamentos do Estudo de Direito, Direitos Humanos e Cidadania, Teoria do Direito Constitucional, Fundamentos da Criminologia, Política Criminal, Psicologia Aplicada ao Direito, Psicologia Social e Teoria do Direito Penal.

CTA curso de criminologia da Ampli

Há também as matérias de Criminalística, Negociação e Gestão de Conflitos de Segurança, Sociologia Criminal, Teoria da Investigação Criminal e Vitimologia. Na grade curricular, tem disciplinas de Psicopatologia e Crime, Análise Criminal, Organizações Criminosas e Teoria Geral do Processo Penal. Há também um Trabalho de Conclusão de Curso (TCC), que tem a supervisão de um professor orientador e é entregue ao final do curso. 

Mercado de trabalho em Criminologia

O criminólogo pode atuar nos setores público e privado. Para ser servidor público, ele deve ser aprovado em concurso. Já no setor privado, ele pode atuar em Organizações Não-Governamentais (ONG) ou como pesquisador, consultor e professor. Veremos abaixo com mais detalhes como é o mercado de trabalho em criminologia.

Setor público

O profissional pode atuar dentro das Polícias Civil e Militar, ou nas secretarias de Segurança Pública. Assim, ele pode conduzir estudos para encontrar áreas mais propensas à prática de crimes ou com maior incidência. Dessa forma, ele fornece informações preciosas para que os governos possam promover políticas públicas para evitar o aumento dos crimes em uma região. 

Veja também: 5 dicas para montar uma rotina de estudos para concurso.

Além disso, ele pode trabalhar na parte de investigação da Polícia Civil, atuando como Perito Criminal para encontrar evidências de delitos na cena do crime. 

Setor privado

No setor privado, o criminólogo poderá atuar como pesquisador de ONGs que estudam a criminalidade de forma geral, onde ela é mais ativa e o que pode ser feito. Ele também pode atuar no setor de recursos humanos de empresas de segurança para avaliar o perfil de candidatos a cargos de confiança.

Veja também: Qual a diferença entre Perito Criminal e Investigador?

Com o conhecimento que adquiriu na faculdade, ele pode saber se esse candidato tem tendência psicopata, ou comportamentos que não estejam de acordo com o cargo. Até em auditorias ele pode trabalhar, para investigar se há alguma não conformidade em determinados setores de uma empresa.

Qual é o salário de um Criminólogo?

De acordo com o site salario.com.br, um criminólogo ganha, em média, R$ 3.895,00. Vale ressaltar que esse valor varia muito de acordo com a cidade, nível de experiência e local de trabalho. Esse valor é calculado com base no salário recebido em todo o Brasil.

Embora o mercado de trabalho em criminologia seja amplo e criminólogos possam trabalhar em todo o Brasil, é na região sudeste que acontecem a maior parte das contratações. Não necessariamente porque aqui a incidência de crimes seja maior, mas porque muitas ONGs que trabalham no estudo do crime ficam nesta região.

Pós-graduação em Criminologia

O graduado em Criminologia pode fazer pós-graduação nas modalidades lato sensu e stricto sensu. As lato sensu têm uma abordagem de especialização em uma determinada área. As stricto sensu são em nível de mestrado e doutorado. O mestrando ou doutorando se transforma em um pesquisador, que vai estudar mais a fundo determinadas áreas da Criminologia. Com isso, ele pode se tornar também um professor para lecionar em instituições de ensino superior.

Em relação a pós-graduação lato sensu, há cursos mais voltados para o aprofundamento no Direito Penal. Um deles é o de Direito Penal e Criminologia, que é voltado para advogados e para quem trabalha na área da Segurança Pública. O curso aprofunda os conhecimentos sobre o crime e a atuação do Direito Penal.

Há também cursos que falam sobre Criminologia e Política Restaurativa. Aqui se fala mais sobre a importância de se pensar em políticas públicas para serem trabalhadas em locais onde há mais ocorrência de crimes. Outra área de atuação é em presídios, no campo da educação. 

curso de direito ead da ampli

COMENTÁRIOS